Inovação e o uso de drones na agricultura.

Inovação Tecnológica

Confunde-se muitas vezes inovação com a criação de algo novo, porém isso não é necessariamente verdade, inovação pode ser entendida como uma simples quebra de padrões. Embora associa-se muito a inovação com o desenvolvimento de produtos tecnológicos, ela também pode estar relacionada a outros campos, como o de desenvolvimento de novos processos ou de serviços. Rajan Nataraajan, professor de Marketing na universidade de Auburn nos Estados Unidos, explica que o termo inovação, pode ser visto como sendo radical ou incremental. Inovação radical refere-se a algo que é novo para o mundo ao passo que inovação incremental está relacionado a modificações em algo já existente. Rajan também explica que a grande maioria do que é oferecido no mercado como sendo algo totalmente novo, são na verdade inovações incrementais.

Inovação vem muitas vezes associada a questões de sustentabilidade. O conceito de desenvolvimento sustentável foi delineado na década de 70, mas foi oficialmente consolidado apenas em 1992, sendo rapidamente difundido, e vem ganhando uma importância cada vez maior nos últimos anos. No contexto do agronegócio, vem sendo difundido atualmente as técnicas de agricultura de precisão, tais técnicas envolvem tanto o conceito de sustentabilidade, uma vez que minimiza efeitos nocivos ao ambiente, como o conceito de inovação.

O termo inovação se relaciona ao conceito de agricultura de precisão de diversas formas. As próprias técnicas de agricultura de precisão já são por si só conceitos inovadores, cujos benefícios ainda não parecem estar totalmente difundidos, uma vez que se observa muitos agricultores que poderiam estar fazendo uso de tais técnicas, mas ainda não o fazem. Além do mais elas estimulam o desenvolvimento de novas ferramentas e equipamentos, como sensores óticos e novas técnologias de drones.

Por possibilitar a obtenção de imagens aéreas de boa qualidade e a um baixo custo, os drones têm se tornado um dos principais equipamentos para a agricultura de precisão, o qual permite com a aplicação de sensores especiais, gerar mapas inteligentes para a obtenção de informações valiosas para o agricultor sobre o seu plantio, tais como dados sobre estresse hídrico, falhas de plantio, identificação de pragas, entre outras.

Conceitos inovadores, no entanto, podem trazer consigo algumas contradições e preocupações, no caso da utilização de drones, há dois fatores principais que geram preocupação: segurança e privacidade. Nesse sentido, a nível nacional, a ANAC vem trabalhando na regulamentação a respeito de seu uso e já existem algumas regras estabelecidas quanto as operações de drones, de modo a garantir a segurança de seus operadores.

Dentro de todo esse contexto, a Bauer Aerosystem busca a inovação por meio não somente da experiência adquirida individualmente por seus colaboradores ou de modo corporativo, mas principalmente pela aspiração observada em seus potenciais clientes. Somos uma empresa que está começando, mas com a capacidade e motivação de absorver e aplicar as tecnologias novas que vem surgindo, em um mercado que também é recente e se torna cada dia mais competitivo. Quanto as questões de legislação, a Bauer Aerosystem está atenta as restrições e possibilidades no uso de drones e assim busca oferecer produtos que estão de acordo com o que é estabelecido pelas agências reguladoras e que não vão comprometer a segurança de seus usuários.

Autor: Diego Audiffred

1 thought on “Inovação e o uso de drones na agricultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *